quinta-feira, 30 de agosto de 2012

As mudanças de fuso horário e o efeito jet lag


O "jet lag" significa alteração dos padrões do sono e de outros biorritmos circadianos (relógio biológico interno do organismo), provocada pela passagem por muitos fusos horários num curto período de tempo (nos voos este-oeste ou vice-versa).

Quase todo mundo que já voou atravessando vários fusos horários foi vítima dos sintomas de "jet lag", que é mais do que um mal-estar passageiro.

Pessoas com sintomas de "jet lag" tem seus padrões de sono perturbados, pode sentir-se cansado, cabeça "avoada", desorientado e ter redução no desempenho físico e intelectual. As muitas horas de voo pode deixar o viajante desidratado e isso conduzir a indigestão.

Quanto mais velha a pessoa, maiores são os sintomas do "jet lag", e mais tempo levara para ter o relógio biológico sincronizado com a hora local, ex: um adulto de 60 anos viaja com uma criança do Brasil para a Itália de avião, os sintomas da criança será muito mais leve e ela vai se recuperar mais rápido que a pessoa de 60 anos.

Um conselho bom é o de ajustar o seu relógio para a hora do seu local de destino logo que embarcar, assim você estará se preparando para o novo horário.

Procure desde o primeiro momento seguir os horários locais, me refiro principalmente aos horário de dormir e das refeiçoes, teu copro agradece.

Cada pessoa reage de forma diferente, os passageiros frequentes sabem como seu próprio corpo responde.

Os sintomas do "jet lag" desaparecem gradualmente após a adaptação ao local de destino.

Compartilhe! Siga-nos ou registre-se à nossa newsletter, e receba por e-mail os novos posts deste blog.
 Fontes:
http://www.consultaviajanteufp.proboards.com/index.cgi?board=jetlag&action=display&thread=21 http://www.yesanswer.de/med/pt/4508.html 
http://www.grupo-ramazzini.med.br/noticiascursos/EfeitosJetLag.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Jet_lag

Um comentário:

  1. Meiroca, em junho fiz uma viagem com o filho, a nora e o neto e como aconteceu em outras vezes, mesmo agora, com bastante mais de 60, não senti muito os efeitos do "jet-leg". Sorte minha, né?
    Bjim, cosquirídia.

    ResponderExcluir