quarta-feira, 27 de março de 2013

O que é a Síndrome do Regresso?




 
crédito da imagem: fernandonogueiracosta.wordpress.com
Com a crise mundial, a cada dia que passa mais e mais brasileiros estão fazendo as malas e  fazendo a viagem de volta a casa.

Se ao sair a adaptação no exterior não é fácil, ao retorno também é bem sofrido, muitos brasileiros que retornam à pátria amada estão apresentando sintomas como: depressão, crises de pânico e falta de estímulo, e isso tem um nome, é a chamada Síndrome do Regresso.

 Mas o que é a Síndrome do Regresso?


O regresso pode ser visto como o contrário de progresso e gerar depressão. É a "síndrome do regresso", termo cunhado pelo neuropsiquiatra Décio Nakagawa (morto em 2011, ele estudava a frustração de brasileiros que voltavam ao país após temporada de trabalho em fábricas japonesas) para designar certo "jet lag espiritual" que "aflige ex-imigrantes".
Na realidade, aflige "ex-emigrantes", brasileiros que tentaram a sorte no exterior e a reversão das condições sócio-econômicas lá fora os obrigaram a retornar.
Imigrantes são estrangeiros que mudaram para o País.
"A adaptação em outro país acontece em seis meses, já a readaptação ao país de origem demora dois anos"
, diz a psicóloga Kyoko Nakagawa, viúva do psiquiatra e coordenadora do projeto Kaeru, de reintegração de crianças que voltam do Japão.
Se ao sair do país o emigrante se cerca de cuidados para amenizar o choque cultural no exterior, no retorno a ilusão é de que logo se sentirá "em casa". Retornar é, praticamente, uma imigração.
A sensação é de que se perdeu "o bonde da história", ou seja, tempo precioso em tecer seu networking doméstico. A pessoa se sente “por fora” do que antes conhecia profundamente.fonte
Para facilitar a reintegração, o Itamaraty lançou hoje dia 27 de março de 2013 o Portal do Retorno com orientações para brasileiros no exterior que decidirem voltar ao Brasil.

No Portal do Retorno você encontrará informações de interesse a emigrantes brasileiros que tenham decidido retornar em definitivo ao País, tais como informações de mercado de trabalho, previdência, finanças, informações sobre legislação aduaneira para fins de transporte de bagagem e bens desacompanhados e providências práticas em relação a documentação, e outros temas de interesse ao brasileiro retornado.

Há ainda informação sobre serviços e programas de assistência na área de saúde física e psicológica.

Link para o Portal do Retorno

fonte1: fernandonogueiracosta.wordpress.com
fonte 2: maisnova.fm.br
 

Um comentário:

  1. Você está voltando,querida?Deus há de acompanhá-la e a seu amore;e seus amigos estarão de coração e braços abertos.

    ResponderExcluir