quarta-feira, 25 de março de 2015

Esteja em paz estando imóvel, parado.


Este texto foi originalmente publicado por Leo Babauta no site ZenHabits. Tradução e adaptação por Viva mais verde!

Fique imóvel.

Apenas por alguns instantes.

Ouça o mundo a sua volta. Sinta sua respiração… indo, vindo. Ouça seus pensamentos. Perceba os detalhes.

Esteja em paz estando imóvel, parado.

Neste mundo moderno, estar ativo e em movimento é o padrão, seja com nosso corpo, com nossa mente, com nossa atenção. Nós estamos sempre correndo, o dia inteiro, fazendo coisas, conversando, enviando e-mails, lendo mensagens, clicando link por link enquanto passamos o dia na Internet.

Estamos sempre ligados, sempre conectados, sempre pensando, sempre falando. Não há tempo para ficarmos parados, e estacionar na frente do computador ou na frente da televisão não é ficar imóvel.

Tudo isto tem um preço: nós perdemos o momento de contemplação, de observar e ouvir. Nós perdemos paz.

Pior ainda: estar sempre em movimento é normalmente improdutivo. Sabemos que na nossa sociedade estar em ação é fundamental – o contrário é visto como preguiça, passividade e improdutividade. Entretanto, às vezes ação demais é pior que nenhuma ação. Você pode estar de um lado para outro como louco e não produzir nada, não ter nada concluído. Ou ter concluído muita coisa, mas nada importante. Às vezes ir de um lado a outro como louco pode piorar as coisas.

E quando somos forçados a permanecer imóvel, parados – seja em uma fila de banco, esperando uma consulta ou no ônibus – nos sentimos incomodados e na necessidade de achar algo para fazer. Alguns usarão seu celular, outros o notebook ou achar algo pra ler, o que quer que seja. Estar imóvel, contemplar, não é algo que estamos acostumados a fazer.

Pare por um momento. Pense em como você passa seus dias – trabalho, após o trabalho, se preparando para o trabalho, manhãs e finais de semana. Você está constantemente indo de um lado a outro? Você está constantemente lendo e respondendo mensagens, vendo as notícias e absorvendo todas as informações que ocorrem em um determinado instante? Você está sempre procurando concluir as coisas, eliminando tarefas como uma máquina e sempre tentando adiantar o cronograma de tudo?

É assim que desejas passar a sua vida?

Se sim, que a paz esteja contigo. Se não, separe um momento para ficar imóvel, parado. Não pense no que tem para fazer ou no que já fez. Apenas sinta o momento.

Tire um minuto ou dois e faça isso, e então contemple sua vida e como você quer que ela seja. Veja sua vida com menos movimento, menos tarefas, menos correria. Veja com mais momentos de contemplação, de imobilidade, de paz.

Então, seja esta visão.

É simples. Transforme a contemplação em uma rotina diária. Respire fundo quando perceber que está indo rápido demais. Diminua a velocidade. Esteja presente. Esteja ciente. Encontre a felicidade agora, neste momento. Não espere por ela.

Saboreie a imobilidade. É um tesouro e está disponível para todos nós, sempre.

Leo Babauta, mora na ilha de Guam, na Micronésia, com a esposa e os seis filhos, é uma grande referência de idéias, dicas e ensinamentos de uma vida mais tranquila. Criador do site www.zenhabits.com, um dos ícones deste movimento, um ano depois de lançado, zenhabits.com era um dos mais visitados da internet, cerca de 1 milão de acessos mensais.
Visite o Zen Habits (em ingles) e confira muita coisa interessante.

créditos: Tradução e adaptação por Viva mais verde!

Um comentário:

  1. Meiroca, é mesmo importante a gente parar um pouco e pensar na vida e em coisas boas que a gente quer que aconteça. Faço isso à noite, antes de rezar. (Às vezes penso num encontro da nossa turma, vá que os anjos digam amém)
    Bjim

    ResponderExcluir